Ingressei no ensino fundamental com sete anos como mandava o preceito da época em escola pública onde permaneci até a sexta série. Meus pais, percebendo minha vocação profissional em ser médico e cientes da necessidade de uma base sólida, transferiram-me ao ensino particular permanecendo até a conclusão do ensino médio, tendo nesse período passado por três escolas diferentes. Prestei vestibular ao fim da terceira série do ensino médio sem, no entanto lograr ingresso na faculdade. Frequentei então, por dois anos os cursinhos preparatórios pré-vestibular quando ao fim desse período obtive aprovação em quatro faculdades de medicina e uma de engenharia civil. 

Minha história de vida

Em 1988, uma vez aprovado, ingressei na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade São Francisco de Assis, no campus de Bragança Paulista onde se inicia a história da minha formação no curso de graduação.  A minha graduação deu-se entre 1988 e 1993, não tendo qualquer reprovação, conclui a faculdade no período de seis anos. Apaixonado já pela medicina e curioso que era, jornadeei os estágios que me foram possíveis fazer. Oficiais ou não, lá estava eu, pronto a aprender. Realizei primeiramente estágio em Ortopedia e Traumatologia na Santa Casa da Misericórdia de Guarulhos onde vi diversos procedimentos e onde aprendi a realizar pequenas suturas, sempre sob supervisão de preceptores. Segui então buscando novas áreas e acompanhei serviço de Cirurgia Cardíaca de um hospital especializado e de grande porte na capital de São Paulo. Fui atrás de médicos que me apresentassem à Cirurgia Pediátrica, acompanhei essa especialidade por meses. Inconformado que era por ver que o médico saia da faculdade praticamente sem saber fazer parto, fui atrás de estágio em Ginecologia e Obstetrícia. 

Fiz esse estágio por três anos, tendo realizado mais de 700 partos normais nesse período. Acompanhei o serviço de Bucomaxilofacial onde assisti a diversas reconstruções de face. Sabia que seria cirurgião, mas ainda não havia definido a especialidade. Em 1993, prestei concurso e fui aprovado para a realização da Residência Médica reconhecida pelo MEC e pela AMB em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São Francisco de Assis. Conclui essa primeira residência em 1996 quando obtive o Título de Especialista em Cirurgia Geral. Nessa fase tomei ciência de novas áreas de especialização e confesso que me apaixonei pela Cirurgia Plástica. Nesse mesmo ano prestei prova e fui aprovado para realização do estágio reconhecido pela AMB e pela SBCP em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora da Santa Casa da Misericórdia de Santos. Após três anos de muito trabalho e aprendizado conclui o estágio em 1999 quando obtive o Título de Especialista em Cirurgia Plástica. 

A maior alegria da vida A família

Professor homenageado da Turma de Estética e Cosmética da FASIPE

Em 2002 decidi fazer uma reviravolta completa na minha vida, acreditava que meu período de plantões havia chegado ao fim. Já concluídas todas as Especializações, e de posse dos títulos que me habilitavam ao serviço e já com certa experiência, decidi me mudar para o interior do Mato Grosso, mais especificamente para Sinop. Foi uma decisão mercadológica, e hoje resido e trabalho nessa cidade há mais de 18 anos.

Paraninfo da Turma de Estética e Cosmética da FASIPE

Participando do Congresso Europeu de Cirurgia Plástica Barcelona - Espanha

Ao longo dos meus mais de vinte anos de profissão, operei milhares de pacientes na área de Cirurgia Plástica, tanto em caráter estético como reparador. No decorrer desses anos tive incontáveis casos de sucessos e alguns poucos nem tanto. Os casos que não me agradaram serviram para que eu refletisse e aprimorasse minha técnica. Alcancei um dos meus objetivos que era o de parar de realizar plantões noturnos e de fins de semana. Acredito que adquiri certa respeitabilidade no meio em que convivo. Restava-me então o reconhecimento dos meus pares e senti também a necessidade de trilhar o caminho acadêmico.a

Ministrando aula no Congresso do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

Na descontração do almoço com os amigos durante o Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica

Em 2012 apresentei trabalho científico à banca examinadora da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e uma vez aprovado, com o trabalho “Proposta de marcação pré-operatória em mamoplastia de aumento em pacientes com hipomastia acentuada”, adquiri o título de Titular da SBCP, a partir de então, podendo exercer cargo politico dentro dessa sociedade. Agora podia votar e ser votado, ser convidado a compor mesas em Congressos e eventos científicos. Mantenho atualmente dois projetos. Primeiro o de criar um Serviço Público de Cirurgia Plástica Reparadora e de Queimados no município de Sinop e o segundo é o de trilhar a carreira acadêmica Universitária fazendo o mestrado e o doutorado em Ciências da Saúde. Depois de concluídos esses dois projetos, restará apenas integrar os dois serviços e credenciá-los junto ao MEC e à SBCP podendo com isso ministrar a  residência médica na área de Cirurgia Plástica e contribuir na formação dos novos médicos.

Professor convidado do Curso de Sutura da Liga de Cirurgia Geral da UFMT

Fazendo uma das coisas que mais gosto na vida

Mantenho agora dois projetos. Primeiro o de criar um Serviço Público de Cirurgia Plástica Reparadora e de Queimados no município de Sinop e o segundo é o de me credenciar para lecionar na faculdade de medicina. Depois de concluídos esses dois projetos, restará apenas integrar os dois serviços e credenciá-los junto ao MEC e à SBCP podendo com isso ministrar a  residência médica na área de Cirurgia Plástica e contribuir na formação dos novos médicos.

Trabalhando com essa super equipe em prol do paciente queimado

Um pouco de exercício não faz mal pra ninguém

E a história não termina ...

Deixe uma resposta